"Um excelente educador não é um ser humano perfeito, mas alguém que tem serenidade para se esvaziar e sensibilidade para aprender. "Augusto Cury.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Feliz Dia dos Professores!!!!!


As bolas de papel na cabeça,
Os inúmeros diários para se corrigir,
As críticas, as noites mal dormidas...
Tudo isso não foi o suficiente
Para te fazer desistir do teu maior sonho:
Tornar possíveis os sonhos do mundo.

Que bom que esta tua vocação
Tem despertado a vocação de muitos.
Parece injusto desejar-te um feliz dia dos professores,
Quando em seu dia-a-dia
Tantas dificuldades acontecem.
A rotina é dura, mas você ainda persiste.
Teu mundo é alegre, pois você
Consegue olhar os olhos de todos os outros
E fazê-los felizes também.

Você é feliz, pois na tua matemática de vida,
Dividir é sempre a melhor solução.
Você é grande e nobre, pois o seu ofício árduo lapida
O teu coração a cada dia,
Dando-te tanto prazer em ensinar.

Homenagens, frases poéticas,
Certamente farão parte do seu dia a dia,
E quero de forma especial, relembrar
A pessoa maravilhosa que você é
E a importância daquilo do seu ofício.
É por isto que você merece esta homenagem
Hoje e sempre, por aquilo que você é
E por aquilo que você faz.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

No dia 03 de outubro, vote consciente!

Sugestões para semana da criança


Brincar é muito importante para o desenvolvimento das crianças, através da brincadeira que elas aprendem mais sobre si, onde ampliam seus conhecimentos, conversam com os adultos e crianças, exploram os objetos, aprende o que são regras e a respeita-las, e o mais importante desenvolve a socialização do grupo, aprende que é fundamental a integração de todos, assim crescem pessoas sem preconceito, e preparadas para trabalhos em grupo. Com as brincadeiras, as crianças aprendem a respeitar o próximo, é apartir deste momento que ela percebe a presença do outro.

Pensando nisso, resolvi colocar algumas atividades para desenvolver com as crianças. Além destas abaixo, colocarei mais brincadeiras com o passar do tempo. Se divirtam!

ROUBA BANDEIRINHA - Jogam dois grupos, cada um com seu campo e sua bandeirinha. No fundo de cada campo, coloque a bandeira (ou qualquer objeto, como uma bola) do time. O Objetivo é roubar a bandeira do time adversário e trazer para o seu campo. Mas o jogador que entrar no campo do time adversário e for tocado por alguém fica preso no lugar. Só pode sair se for "salvo" por alguém do seu próprio time. Ganha o time que capturar a bandeira adversária e voltar para o campo primeiro, sem ser tocado por alguém.

RESGATEI - Idêntico ao "Rouba Bandeirinha". Porém, no lugar da bandeirinha, será colocado uma pessoa do grupo adversário. O objetivo é tocar nessa pessoa e salvá-la. Quando ela é tocada, ela pode correr. Porém, se for congelada, deverá ser tocada por alguém. Ganha o time que a pessoa conseguir correr primeiro para o seu campo.

CARRINHO DE MÃO - Trace duas linhas no chão, uma de largada e outra de chegada. Os participantes dividem-se em pares e se colocam atrás da linha de largada. Todos contam até três e um corredor de cada dupla se abaixa, estica as pernas para trás e apóia as mãos no chão. O outro corredor levanta as pernas do parceiro e as duplas começam a correr, um com os pés e o outro com as mãos. Quem cair volta à posição de largada. Vence quem chegar à linha de chegada primeiro.

AMEBA - Jogo individual parecido com o baleado. Existe uma bola e os jogadores se espalham pela quadra. Quem está com a bola, não pode andar, tendo o objetivo de queimar os outros; ao ser queimada, a pessoa (ameba) deve sentar no lugar, tendo ainda a chance de levantar novamente, tocando alguém que ainda esteja de pé, gritando "Ameba!" (a pessoa que estava de pé senta-se e a que a tocou, levanta-se) ou pegando uma bola que acabe vindo na sua direção.

PEGA-PEGA - Brincadeira de corrida cujo objetivo é tocar em alguém para transformá-lo em pegador. Quem for pego, pega.

PIQUE-VOLTA - Espécie de pega-pega, brincado em um espaço muito amplo e que tenha paredes nas duas extremidades. Quem for pego, deverá pegar a pessoa que lhe pegou antes que ela corra e toque no muro. Se o participante conseguir tocar no muro antes de ser pego, ele é quem pega, o que fará com que o pegador se transforme em vítima. Mas se ele for pego, deverá pegar quem lhe pegou antes que ele toque no muro e vire pegador. Vence quem tocar no muro mais vezes.

ARRASTÃO - É um pega-pega, mas quem for pego deve segurar na mão do outro pegador e, juntos, deverão pegar os demais. Mas nenhum pegador pode se soltar das mãos dos companheiros.

CADEIA - É idêntico ao "Arrastão". Mas quando os pegadores ficarem em 3, o que está na ponta deve se soltar das mãos do companheiro e se integrar ao grupo de corredores. Sendo assim, só duas pessoas poderão pegar os demais e, sempre que um terceiro for pego, o da outra ponta sai. Ex.: João e Maria pegam Caio. Logo, João se solta e Maria e Caio pegam Lucas. Aí, Maria se solta e Caio e Lucas pegam outro e assim por diante. Só duplas!

ESCONDE-ESCONDE - Uma pessoa conta enquanto os outros se escondem. No fim da contagem, deve-se procurar quem está escondido. Se achar, corre até o local escolhido pra ser o batedouro e diz "1,2,3 fulano em tal lugar". Para se salvar, diz "1,2,3 salve eu". Quem ficar por último pode dizer "1,2,3 salve todos". Aí, a mesma pessoa que contou volta a contar. Caso contrário, quem foi achado primeiro é o próximo a contar e procurar.

POLÍCIA E LADRÃO - Parecido com o pega-pega. Há dois grupos: o da polícia e o dos ladrões. O papel da polícia é pegar os ladrões e prendê-los em uma “cadeia”. O papel dos ladrões é salvar os companheiros (abrindo a porta da “cadeia”) e se proteger da polícia. Se a polícia prender todos, invertem-se os papéis.

DANÇA DAS CADEIRAS - Faz-se uma roda de cadeiras e outra de pessoas. Sendo que o número de cadeiras deve ser sempre um a menos. Toca-se uma música animada. Quando a música parar, todos devem sentar em alguma cadeira. Quem não conseguir sentar, é eliminado e tira-se mais uma cadeira. Ganha quem sentar na última cadeira.

DANÇA DAS CADEIRAS COOPERATIVA - Disponha as cadeiras como você faz no jogo tradicional das cadeiras. O segredo do jogo é não eliminar nenhum participante, só cadeiras, ou seja, a cada rodada, você retira uma cadeira e ainda assim todos deverão sentar-se, como puderem: no colo, no braço da cadeira, deitado sobre os colegas etc... Neste jogo não há vencedores.

DANÇA DAS CADEIRAS ALTERNATIVA - Várias cadeiras serão espalhadas pelo local da atividade. Em cima de cada uma delas, haverá uma bexiga. Todos estarão vendados e uma música animada deverá ser iniciada. Quando a música parar, eles deverão procurar uma cadeira, sentar e estourar a bexiga que tiver na cadeira, sendo guiados pelos jogadores da equipe que não estão participando. Sempre haverá uma cadeira a menos. Quem sobrar, é eliminado. O jogo prossegue até surgir o campeão.

Fonte: http://www.mabilee.com/

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Compartilhando idéias...



Oie! Estava viajando pelos blogs voltados à Educação e gostaria de compartilhar este endereço com vcs. Quando tiverem oportunidade, entre neste link, pois tem várias atividades adaptadas às necessidades de cada aluno.
http://professorajanainaspolidorio.wordpress.com/category/pedagogia-na-vida-real/

domingo, 29 de agosto de 2010

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Atividades sobre folclore






Oi Pessoal! Separei algumas atividades para trabalhar com meus alunos e gostaria de compartilhá-las com vcs! Espero que gostem...

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Atividades para dia dos pais







Clique na imagem para ampliar...
Fonte: pedagogiccos.blogspot.com
Espero que gostem...

Meu primeiro selinho...


Fabiana, Obrigada pelo mimo! Ameeeeeeeeeeeei

http://cantinhodaeducacaoedainclusao.blogspot.com/

segunda-feira, 10 de maio de 2010

SILABÁRIO DIFERENTE








OI pessoal! Achei este silabário ideal para trabalhar com os alunos do 1º ano.
fonte:http://atividadespracolorir.blogspot.com
Super BeijOkas

segunda-feira, 26 de abril de 2010

28 de Abril- DIA DA EDUCAÇÃO


Esta é minha singela homenagem a todos os educadores, que assim como eu, fazem de tudo para melhorar a Educação deste país... Parabéns à todos os Educadores deste Planeta!!!!

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Hipóteses silábica

ENTENDENDO MAIS SOBRE A HIPÓTESE SILÁBICA

FASE I: HIPÓTESE PRÉ-SILÁBICA

Nesta fase podemos encontrar as crianças que “escrevem” se utilizando de desenhos. Por exemplo: a professora dita a palavra BOLA e a criança ao invés de usar letras, desenha uma bola para representar o que lhe foi ditado.
Também podemos encontrar nesta fase as crianças que para “escrever” já se utilizam de letras mas sem relacioná-las à linguagem oral, ou não conhecendo letras, usam algum tipo de rabisco ou sinal que lembrem letras.
Geralmente, nesta fase, a criança acha que coisas grandes devem ter nomes com muitas letras e coisas pequenas devem ter nomes com poucas letras. Por exemplo: ditando-se a palavra BOI, com certeza a criança usará muitas letras para escrevê-la, pois pensará no tamanho do animal. Ao passo que para a palavra FORMIGA, usará poucas letras.

FASE II: HIPÓTESE SILÁBICA

Nesta fase o aluno acredita que cada letra serve para representar uma sílaba oral. Por exemplo: se alguém perguntar à criança quantas letras são necessárias para escrever a palavra CAVALO, ela repetirá a palavra para si mesma pedaço por pedaço e responderá que são necessárias 03: uma letra para CA, uma para VA e outra para LO.
Assim sendo, a criança poderá escrever CAVALO das seguintes formas:
KVL
AAO
AVL
KAL

Nos exemplos acima, fica claro que a criança faz correspondência das letras com o valor sonoro que cada uma tem.
Mas ainda podemos encontrar nesta fase a criança que, embora, use uma letra para cada sílaba oral não faça correspondência da letra com o valor sonoro que ela tem.
Por exemplo, a mesma palavra CAVALO poderá ser escrita por esta criança da seguinte forma:
TBE (sem correspondência nenhuma das letras com seus valores sonoros, mas escrevendo uma letra para cada sílaba oral).

FASE III: HIPÓTESE SILÁBICO-ALFABÉTICA

Nesta fase a criança descobre que para escrever não é suficiente usar apenas uma letra para cada sílaba. Como esta fase é uma fase de transição “da hipótese silábica para a escrita convencional(alfabética)”, a criança começa a escrever ora representando a sílaba completa (usando uma letra para cada fonema), ora usando uma letra para cada sílaba.
É nesta fase que os pais costumam dizer: O que está acontecendo? Meu filho(a) está lendo, mas na hora de escrever “come” letras. A criança não come letras, está apenas reformulando o que na hipótese silábica acreditava. Logo esta nova fase deixará de satisfazer a criança (assim como ocorreu antes) e ela prosseguirá em busca de uma solução (hipótese) de escrita mais completa.
São exemplos de escritas silábico-alfabéticas:
CAVLU (cavalo)
JABUTCAA (jabuticaba)
MNINO (menino)
CADRA (cadeira)

FASE IV: HIPÓTESE ALFABÉTICA
Esta fase constitui o final da construção da base alfabética. Nela a criança já compreendeu como se dá a escrita. Descobriu que cada letra representa um valor sonoro (fonema) e que as agrupando formamos sílabas. Porém, ainda está caminhando no que se refere ao funcionamento do sistema ortográfico da Língua Portuguesa. Além, das regularidades ortográficas, a partir desta fase a criança terá que aprender a refletir sobre a organização dos textos, de modo que sejam coerentes e eficazes no uso social.


http://paideiavirtual.blogspot.com

Silabário

Oi galerinha! MOntei um silabário e gostaria de compartilhá-lo com vcs! BeijOkas
~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~~

Para ampliar, é só clicar na imagem...
~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~~

domingo, 4 de abril de 2010

Dia do Índio


História do Dia do Índio
Comemoramos todos os anos, no dia 19 de Abril, o Dia do Índio. Esta data comemorativa foi criada em 1943 pelo presidente Getúlio Vargas, através do decreto lei número 5.540. Mas porque foi escolhido o 19 de abril? Origem da data Para entendermos a data, devemos voltar para 1940. Neste ano, foi realizado no México, o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano. Além de contar com a participação de diversas autoridades governamentais dos países da América, vários líderes indígenas deste contimente foram convidados para participarem das reuniões e decisões. Porém, os índios não compareceram nos primeiros dias do evento, pois estavam preocupados e temerosos. Este comportamento era compreensível, pois os índios há séculos estavam sendo perseguidos, agredidos e dizimados pelos “homens brancos”. No entanto, após algumas reuniões e reflexões, diversos líderes indígenas resolveram participar, após entenderem a importância daquele momento histórico.
Esta participação ocorreu no dia 19 de abril, que depois foi escolhido, no continente americano, como o Dia do Índio.
Comemorações e importância da data Neste dia do ano ocorrem vários eventos dedicados à valorização da cultura indígena. Nas escolas, os alunos costumam fazer pesquisas sobre a cultura indígena, os museus fazem exposições e os minicípios organizam festas comemorativas. Deve ser também um dia de reflexão sobre a importância da preservação dos povos indígenas, da manutenção de suas terras e respeito às suas manifestações culturais. Devemos lembrar também, que os índios já habitavam nosso país quando os portugueses aqui chegaram em 1500. Desde esta data, o que vimos foi o desrespeito e a diminuição das populações indígenas. Este processo ainda ocorre, pois com a mineração e a exploração dos recursos naturais, muitos povos indígenas estão perdendo suas terras.

Fonte: http://www.suapesquisa.com/datascomemorativas/dia_do_indio.htm

sábado, 27 de março de 2010

Participe!



A Hora do Planeta é uma campanha mundial da rede WWF. Queremos mobilizar 1 bilhão de pessoas em todo o planeta. Vamos mostrar aos líderes dos governos e a toda a sociedade que é hora de combater as causas do aquecimento global. A Hora do Planeta é o maior movimento da História em defesa do meio ambiente. Você não pode ficar de fora!
No dia 27 de março, das 20h30 às 21h30, apague as luzes do local onde você estiver.

Se você faz parte de alguma empresa, escola, igreja ou qualquer outro tipo de organização, apague as luzes das suas instalações e seja um apoiador da Hora do Planeta.

Fonte: http://www.horadoplaneta.org.br/participe.php

sexta-feira, 26 de março de 2010

Sugestões para Páscoa

Oie! Estou postando algumas atividades que podem ser usadas no período da Páscoa... Espero que gostem! BeijOkas





Fonte: Blog da Priscila

domingo, 14 de março de 2010

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Meu album picasa

Faça sem sair de casa!!!