"Um excelente educador não é um ser humano perfeito, mas alguém que tem serenidade para se esvaziar e sensibilidade para aprender. "Augusto Cury.

sábado, 24 de janeiro de 2009

O menininho

Era uma vez um menininho. Ele era bastante pequeno. E ela era uma escola grande. Mas quando o menininho descobriu que podia ir à sua sala, caminhando através da porta da rua, ele ficou feliz. E a escola não parecia tão grande quanto antes. Uma manhã quando o menininho estava na escola, a professora disse: - Hoje nós iremos fazer um desenho. - Que bom! - pensou o menininho. Ele gostava de fazer desenhos. Ele podia fazê-los de todos os tipos: leões, tigres, galinhas, vacas, trens e barcos. Ele pegou sua caixa e começou a desenhar. Mas a professora disse: - Esperem! Ainda não é hora de começar! E ela esperou que todos estivessem prontos. - Agora. Disse a professora. Nós iremos desenhar flores. - Que bom! - pensou o menininho. Ele gostava de desenhar flores e começou a desenhar flores com seu lápis rosa, laranja e azul. Mas a professora disse: - Esperem! Vou mostrar como fazer. E a flor era vermelha com caule verde. - Assim. Disse a professora. - Agora vocês podem começar. Então ele olhou para a sua flor. Ele gostara mais de sua flor, mas não podia dizer isso. Ele virou o papel e desenhou uma flor igual a da professora. Era vermelha com caule verde. Num outro dia, quando o menininho estava em aula, ao ar livre, a professora disse: - Hoje nós iremos fazer alguma coisa com barro. Ele podia fazer todos os tipos de coisas com barro: elefantes, camundongos, carros e caminhões. E ele começou a juntar e a amassar a sua bola de barro. Mas a professora disse: - Esperem! Não é hora de começar. E ela esperou até que todos estivessem prontos. - Agora, disse a professora, nós iremos fazer um prato. - Que bom, pensou o menininho. Ele gostava de fazer pratos de todas as formas e tamanhos. A professora disse: - Esperem! Vou mostrar como se faz. E ela mostrou como se faz um prato fundo. - Assim, disse a professora, agora vocês podem começar. O menino olhou para o prato da professora. Então olhou para o seu próprio prato. Ele gostara mais do seu prato do que o da professora. Mas ele não podia dizer isso. Ele amassou o seu barro numa grande bola, novamente, e fez um prato igualzinho o da professora. E muito cedo, ele não fazia mais nada por si próprio. Então aconteceu que o menininho e sua família se mudaram para outra casa, em outra cidade e o menino teve que ir para outra escola. Esta escola era ainda maior do que a primeira. E não havia porta da rua para a sua escola. Ele tinha que subir grandes degraus, até sua sala. E no primeiro dia, ele estava lá. A professora disse: - Hoje nós vamos fazer um desenho. - Que bom! – pensou o menininho. E ele esperou que a professora dissesse o que fazer. Mas a professora não disse nada. Ela apenas andava na sala. Foi até o menininho e disse: - Você não quer desenhar? - Sim. Disse o menininho. O que é que nós vamos fazer? - Eu não sei, até que você o faça. Disse a professora. - Como eu posso fazê-lo? – Perguntou o menininho. - Da maneira que você gostar. Disse a professora. - E de que cor? – Perguntou o menininho. - Se todo mundo fizer o mesmo desenho e usar as mesmas cores, como eu posso saber quem fez o que? E qual o desenho de cada um? - Eu não sei. Disse o menininho. E ele começou a desenhar uma flor vermelha com caule verde.
(retirado do blog vamos educar)

Projeto Signbificado do Nome



» Sugestão da KHouse Modelo PUC-Rio
Justificativa: O nosso nome é a nossa primeira identificação é também através dele que adquirimos a noção de identidade. Com ele nos diferenciamos das demais pessoas e percebemos, num primeiro momento, que somos um ser diferente dos outros ao nosso redor. Alguns acreditam que o nome tem uma influencia muito forte na personalidade das pessoas, por esse motivo escolhem nomes através do seu significado, outros homenageiam pessoas dando o mesmo nome aos seus filhos.Muitas vezes ao analisar o significado do nome pode-se entender melhor a sua origem da sua família. Pois através desta busca podemos descobrir em que país ele se originou, sua história e derivações.
Objetivos:Valorizar as diferenças de cada individuo.Despertar o interesse dos alunos sobre as suas origens.
Metodologia:Refletir sobre a importância do nome e as diferenças que há em cada ser humano.Perceber a diversidade de nomes que existem.Realizar trabalhos em grupo com as diferentes atividades que serão desenvolvidas.Pesquisar sobre as suas origens.
Sugestões de Atividades:



-Pesquisar e debater sobre a importância do nome, suas diferenças, semelhanças e especificidades entre os seres humanos.



Sugestão: Verificar a diversidade de nomes que existem na turma. Os alunos deverão perguntar aos seus pais como foi feita a escolha do nome e a origem do sobrenome de sua família. Uma boa opção é realizar entrevistas ou conversas informais;



-Montar uma árvore genealógica de cada aluno, para não ficar muito extensa, sugere-se que se comece com os nomes dos avós.



Sugestão: Desenhar uma árvore no Paint e em seguida, insere-se no Word, colocando os nomes dos avós nas raízes, dos pais e tios no tronco, e dos filhos, no caso, os alunos, nas folhas, junto com os primos.-Analisar as fotos antigas e atuais da criança.-Realizar a partir do próprio nome um acróstico.-Construir um texto no Word com ilustração. Sugestão: Os alunos devem buscar na Internet o significado dos seus nomes e em seguida, irão "colar" a informação no Word. Este texto terá o seguinte título: "(nome do aluno) significa...". Depois de escolher a fonte do título, os alunos irão desenhar no Paint o significado dos seus nomes.
Produção Final:Construir uma apresentação no Power Point.Sugestão: Essa apresentação pode conter até 3 telas. Primeiro passo: os alunos terão que desenhar um auto-retrato no Paint. Segundo passo: no programa Power Point os alunos deverão criar uma tela modelo com plano de fundo e título, sendo este o nome da criança. Inserir na primeira tela um texto, sendo uma breve apresentação; na segunda tela inserir o desenho do significado do seu nome e por último inserir na terceira tela o auto-retrato. Uma boa opção é animar as telas.
O que pode ser trabalhado com este projeto?



Língua Portuguesa ->



produção de texto



Estudos Sociais e Ciências ->



conhecimento da origem e evolução do ser humano.



(idéia retirada do blog http://vamoseducar.blogspot.com/.)

Mensagem


segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Numerais

*~*~*~*~*~*~*~*~*~*
Oi galerinha!!!
Os numerais expostos na sala de aula
é tão importante quanto as letras do alfabeto, por isso tratei
logo de postar os numerais de 1 a 20...
Espero que vcs gostem e tbm que sejam úteis!!
Super beijokas
*~*~*~*~*~*~*~*~*~*
(Para ampliar é só clicar na imagem)










Minuto de reflexão

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Meu album picasa

Faça sem sair de casa!!!